Docência em contexto hospitalar e dispositivos móveis: possíveis (res)significações de práticas cotidianas e pedagógicas

Em andamento
Orientação: Lynn Alves
Doutoranda: Isa Beatriz da Cruz Neves

Durante a última década, uma quantidade extraordinária de pessoas em todo o mundo tem adquirido dispositivos móveis digitais (celular, smartphone, tablets, notebook, dentre outros). Esse cenário de mudança tem influenciado as diversas modalidades da Educação, inclusive o atendimento pedagógico denominado Classe Hospitalar desenvolvido com crianças e adolescentes em idade escolar que, por sua situação de saúde, devem permanecer hospitalizados por períodos variáveis de tempo. O objetivo dessa tese é analisar como as interações dos docentes das classes hospitalares da Secretaria Municipal de Salvador em contexto formativo com dispositivos móveis podem contribuir para (res)significar a forma de se relacionar com esses artefatos culturais na sua vida cotidiana e fomentar novas práticas pedagógicas em espaços multirreferenciais como os hospitalares em que atuam. Para tanto foi criado um contexto formativo através de um Curso de Extensão Universitária na Universidade do Estado da Bahia (UNEB) no primeiro semestre de 2014, no qual os referidos docentes tiveram oportunidade de aprender a interagir com as diversos recursos disponíveis nos dispositivos móveis através das ministrações de palestras e oficinas, tais como: fotografia, vídeo, história em quadrinhos (HQ), jogos digitais, postcast, dentre outros. Sendo assim, optou-se por desenvolver uma pesquisa qualitativa inspirada pelos pressupostos da etnopesquisa-formação (MACEDO, 2010; SANTOS, 2005; JOSSO, 2010) e da abordagem multirreferencial (ARDOINO, 1998, MACEDO, 2010).